[Portal O Dia] Timon recebe Congresso Regional das Testemunhas de Jeová


Toda a programação é gratuita e conta com palestras, entrevistas, filmes e discursos.

A cidade de Timon recebe neste fim de semana o Congresso Regional das Testemunhas de Jeová. Com início nesta sexta-feira (13), o evento segue até o domingo (15), no Centro de Convenções Maranhense, e deve reunir milhares de pessoas.

O tema para este ano é “Tenha Coragem”. Segundo os organizadores, toda a programação é gratuita e conta com palestras, entrevistas, filmes e discursos, “que vão mostrar como se pode ter mais coragem usando os princípios da Bíblia”.

Nesta sexta e no sábado as atividades iniciam a partir das 9h20 e seguem até as 16h50. Já no domingo a programação será finalizada às 15h50.

O evento é aberto para todas as pessoas.

Para mais informações, acesse o site www.jw.org.

Contatos locais:

Fernandes Filho: 86 9 9452 2001

Denys Veras: 86 9 8161 2249

Matheus Nascimento: 86 9 8175 0502

Link original: https://www.portalodia.com/noticias/piaui/timon-recebe-congresso-regional-das-testemunhas-de-jeova-322178.html

Anúncios

[Rede Regional] Santarém recebe congresso regional das Testemunhas de Jeová (Portugal)


O congresso regional das Testemunhas de Jeová para os distritos de Santarém e Leiria vai realizar-se no próximo fim-de-semana, dias 6, 7 e 8 de julho, no Cnema, em Santarém, num evento que espera acolher cerca de 6 mil seguidores desta religião, sensivelmente o mesmo número registado em 2017.

Este ano, o congresso tem por tema “Seja Corajoso”, e, além das habituais intervenções religiosas, leituras e discursos, inclui a projeção do filme “Jonas – Uma Lição de Coragem e Compaixão” no último dia.

Link original: https://www.rederegional.com/index.php/breves/22696-santarem-recebe-congresso-regional-das-testemunhas-de-jeova

[O Mirante] Congresso Regional das Testemunhas de Jeová em Santarém (Portugal)


Em 2017, estiveram presentes no congresso de Santarém seis mil pessoas.

O Congresso Regional das Testemunhas de Jeová regressa ao Centro Nacional de Exposições, em Santarém, entre 6 e 8 de Julho. Este ano o congresso destinado aos distritos de Santarém e Leiria é subordinado ao tema “Seja Corajoso!”. O programa para os três dias conta com vários discursos, leituras dramatizadas, entrevistas e apresentação de vídeos curtos. No último dia é apresentado o filme “Jonas – uma lição de coragem e compaixão”.

Os congressos das Testemunhas de Jeová acontecem em 180 países. Em 2017, estiveram presentes no congresso de Santarém seis mil pessoas e cerca de 13 milhões em todo o mundo.

Link original: https://omirante.pt/sociedade/2018-07-03-Congresso-Regional-das-Testemunhas-de-Jeova-em-Santarem

[Tribuna do Ceará] Testemunhas de Jeová devem reunir 14 mil pessoas em congresso no estádio Presidente Vargas


O Congresso Regional das Testemunhas de Jeová vai destacar exemplos de coragem de personagens da Bíblia e como eles podem ser aplicados no cotidiano

O evento vai acontecer no estádio Presidente Vargas neste mês de julho (foto: Congresso das Testemunhas de Jeová)

O evento vai acontecer no estádio Presidente Vargas neste mês de julho (foto: Congresso das Testemunhas de Jeová)

O estádio Presidente Vargas vai ser palco, neste mês de julho, do Congresso Regional das Testemunhas de Jeová 2018. Com o tema “Tenha Coragem”, o evento promete abordar passagens bíblicas por meio de filmes, leituras e dramatizações para discutir a qualidade da coragem. A organização espera atrair 14 mil pessoas. O acesso é gratuito.

O congresso terá duas edições. A primeira será realizada nos dias 6 a 8 de julho, enquanto a segunda, nos dias 13 a 15 de julho. A programação tem início às 9h20 e segue até as 16h50 nas sextas e nos sábados. Aos domingos, o evento finaliza às 15h50.

A programação é destinada a pessoas de todas as idades. O evento contará com a presença de palestrantes que vão abordar discursos bíblicos. Serão destacados também exemplos de coragem de personagens da Bíblia e como eles podem ser aplicados no cotidiano.

O ponto alto do Congresso é a realização do batismo que acontecerá às 12h do sábado.

Serviço
Congresso do Testemunha de Jeová
Local: estádio Presidente Vargas
Data: 6 a 8 de julho e 13 a 15 de julho, das 9h20 às 16h50

Link original: http://tribunadoceara.uol.com.br/noticias/cotidiano-2/testemunhas-de-jeova-realizam-congresso-em-fortaleza-sobre-coragem/

[OVilaverdense] Testemunhas de Jeová com congresso entre 20 e 22 de Julho (Portugal)


O Salão de Assembleias das Testemunhas de Jeová de Valongo recebe, entre os dias 20 e 22 de Julho, o congresso regional anual das Testemunhas de Jeová, que contará com membros de Vila Verde, Amares, Terras de Bouro e Braga.

De 29 de Junho a 19 de Julho, as Testemunhas de Jeová estarão empenhadas em convidar pessoalmente cada morador dos concelhos abrangidos para assistir ao congresso. Este é um evento que está a ser realizado em todo mundo, com o mesmo tema “Seja corajoso”.

«No decorrer dos três dias de congresso, serão analisados, entre outros temas, alguns exemplos bíblicos do passado que destacam a importância de mantermos uma atitude positiva, mesmo quando surgem dificuldades», explica a organização.

Um dos pontos altos do congresso será o Discurso Público de Domingo de manhã, com o tema “Como é que a esperança da Ressurreição nos dá coragem?”, assim como a apresentação do filme “A História de Jonas – Uma Lição de Coragem e Compaixão”.

Vídeo promocional:
Reprodutor de vídeo

Link original: https://ovilaverdense.pt/testemunhas-de-jeova-com-congresso-entre-20-e-22-de-julho/

[DM / Entretenimento] Hoje na História


7 de julho é o 188º dia do ano no calendário gregoriano (189º em anos bissextos)

EVENTOS HISTÓRICOS
1456 – Joana d’Arc é absolvida (após ter sido executada). – Joana d’Arc ( 1412 – 30 de maio de 1431), cognominada “A Donzela de Or­léans” e também conhecida como Joana d’Arc, a ruiva é uma heroí­na francesa e santa da Igreja Cató­lica. É a santa padroeira da França e foi uma chefe militar da Guerra dos Cem Anos, durante a qual to­mou partido pelos Armagnacs, na longa luta contra os Borguinhões e seus aliados ingleses. Foi executada na fogueira, em um auto de fé pelos Borguinhões em 1431. Camponesa, modesta e analfabeta, foi uma már­tir francesa e também heroína de seu povo, reabilitada 25 anos após sua morte, em 1456, pelo Papa Ca­listo III, por considerar seu proces­so inválido, e canonizada em 1920, pelo papa Bento XV.

1515 – As Cortes de Castela de­claram formalmente a anexação do Reino de Navarra à Coroa de Castela.

1520 – Ocorre a Batalha de Otumba. – Por volta de março de 1519, Hernán Cortés, com um exér­cito de conquistadores desembar­cou na costa leste do México. Cortés havia recebido ordens de subjugar a região (na época dominada pelo Império Asteca) em nome do Reino da Espanha. Através de força bruta e manobras politicas, os espanhóis conseguiram firmar alianças com os povos Totonacas e Tlaxcaltecas (inimigos jurados dos astecas) e as­sim reuniram um grande exército e então marcharam rumo a cidade de Tenochtitlan, a maior da região. Em novembro, tropas espanholas adentraram na cidade e foram rece­bidas pelo seu governante, o impe­rador Moctezuma II. Inicialmente, os conquistadores europeus foram bem recebidos e não houve tantos tumultos, contudo tensões entre as partes escalaram e ao fim de junho de 1520 os nativos expulsaram os espanhóis e seus aliados tlaxcalte­cas de Tenochtitlan, no evento que ficou conhecido como La Noche Triste (“A noite triste”). Cortés ini­ciou então uma retirada até Tlax­cala, enquanto suas forças eram importunadas por guerrilheiros as­tecas. Foi então que a liderança as­teca resolveu pega-los enquanto recuavam. Após ser expulso da ci­dade pelos nativos na “Noite Tris­te”, as forças espanholas remanes­centes fugiram para as planícies do vale de Otumba, onde eles encon­traram uma grande tropa Asteca de no mínimo 20.000 combatentes. Os astecas não conseguiram sobrepu­jar o inimigo completamente, ape­sar destes estarem em muito menor número e ainda estarem cansados e famintos. Os espanhóis também usaram muito bem os poucos ca­valeiros que tinham, assustando os astecas com ataques frontais. No fi­nal, os espanhóis e os tlaxcalanos conseguiram botar o exército aste­ca em retirada, após uma violenta batalha. Os conquistadores então se reagruparam e recuperam sua força e mais tarde lançariam no­vas ofensivas em território asteca.

1769 – Guilherme Stephens re­cebe a administração da Fábrica de Vidros da Marinha Grande.

1877 – Parte para Angola, a bor­do do paquete Zaire, a primeira ex­pedição geográfica portuguesa ao sertão africano, chefiada por Ser­pa Pinto e Hermenegildo Capelo.

1942 – Himmler decide dar iní­cio aos experimentos com prisio­neiros em Auschwitz. – Auschwitz (em alemão: Konzentrationslager Auschwitz, pronunciado, também KZ Auschwitz ou KL Auschwitz) é uma rede de campos de concen­tração localizados no sul da Polô­nia operados pelo Terceiro Reich e colaboracionistas nas áreas polo­nesas anexadas pela Alemanha Na­zista, maior símbolo do Holocausto perpetrado pelo nazismo durante a Segunda Guerra Mundial. A partir de 1940, o governo de Adolf Hitler construiu vários campos de concen­tração e um campo de extermínio nesta área. A razão direta para sua construção foi o fato de que as pri­sões em massa de judeus, especial­mente poloneses, por toda a Euro­pa que ia sendo conquistada pelas tropas nazistas, excediam em gran­de número a capacidade das pri­sões convencionais até então exis­tentes] Ele foi o maior dos campos de concentração nazistas, consis­tindo de Auschwitz I (Stammlager, campo principal e centro adminis­trativo do complexo); Auschwitz II – Birkenau (campo de extermínio), Auschwitz III – Monowitz, e mais 45 campos satélites. Por um longo tempo, Auschwitz era o nome ale­mão dado a Oświęcim, na Baixa Po­lônia, a cidade em volta da qual os campos eram localizados. Ele tor­nou-se novamente oficial após a invasão da Polônia pela Alemanha em setembro de 1939. “Birkenau”, a tradução alemã para Brzezinka (flo­resta de bétulas), referia-se original­mente a uma pequena vilapolonesa que foi destruída para que o campo pudesse ser construído. Em 27 de abril de 1940, Heinrich Himmler, o Reichsführer da SS, deu ordens para que a área dos antigos aloja­mentos da artilharia do exército, no local agora oficialmente nomina­do Auschwitz, ex-Oświęcim, fosse transformada em campos de con­centração.[4] No complexo cons­truído, Auschwitz II – Birkenau foi designado por ele como campo de extermínio e o lugar para a Solução Final dos judeus. Entre o começo de 1942 e o fim de 1944, trens trans­portaram judeus de toda a Europa ocupada para as câmaras de gás do campo.[5]:6 O primeiro comandan­te, Rudolf Höss, testemunhou de­pois da guerra, no Julgamento de Nuremberg, que mais de três mi­lhões de pessoas haviam morrido ali, 2.500.000 gaseificadas e 500.000 de fome e doenças.[6] Hoje em dia os números mais aceitos são em tor­no de 1,3 milhão, sendo 90% deles de judeus. Outros deportados para Auschwitz e executados foram 150 mil poloneses, 23 mil ciganos ro­menos, 15 mil prisioneiros de guer­ra soviéticos, cerca de 400 Testemu­nhas de Jeová e dezenas de milhares de pessoas de diversas nacionalida­des. Aqueles que não eram execu­tados nas câmaras de gás morriam de fome, doenças infecciosas, tra­balhos forçados, execuções indivi­duais ou experiências médicas. Em 27 de janeiro de 1945 os campos fo­ram libertados pelas tropas sovié­ticas, dia este que é comemorado mundialmente como o Dia Inter­nacional da Lembrança do Holo­causto, assim designado pela As­sembleia Geral das Nações Unidas, resolução 60/7, em 1 de novembro de 2005, durante a 42º sessão ple­nária da Organização.[9] Em 1947, a Polônia criou um museu no local de Auschwitz I e II, que desde en­tão recebeu a visita de mais de 30 milhões de pessoas de todo mun­do, que já passaram sob o portão de ferro que tem escrito em seu cimo o infame motto “Arbeit macht frei” (o trabalho liberta). Em 2002, a UNES­CO declarou oficialmente as ruí­nas de Auschwitz-Birkenau como Patrimônio da Humanidade. Os médicos de Auschwitz realizaram uma ampla série de experiências com os prisioneiros, individuais e coletivas. Os doutores Carl Clau­berg e Kurt Heissmeyer são alguns dos mais conhecidos médicos que usaram cobaias humanas para tes­tar novas teses. Clauberg fez expe­riências para testar a eficiência do raio-X como método de esteriliza­ção feminina administrando lar­gas doses de radiação nas prisio­neiras. Ele injetava grandes doses no útero das mulheres para tentar colá-los e impedir a reprodução. A empresa Bayer, grande multina­cional farmacêutica ativa até hoje, então uma subsidiária da IG Far­ben, comprava prisioneiros de Bir­kenau para servirem de cobaias no teste de novas drogas. Heissmeyer, que considerava judeus humanos e cobaias animais de laboratório como a mesma coisa, comandava experiências em crianças e fez di­versas experiências injetando ba­cilos vivos da tuberculose direto no pulmão de prisioneiros, na tentati­va de conseguir uma vacina para a doença. O que mais conseguiu uma infame notoriedade após a guer­ra, porém, foi o Dr. Josef Mengele, conhecido como “Anjo da Morte”; ele tinha uma especial predileção por gêmeos e anões. Mengele fazia cruéis experiências com os primei­ros, como provocar doenças num deles para saber o que acontecia com o segundo ou matando este quando o primeiro morria, para fa­zer autópsias comparativas. Com os anões, costumava provocar-lhes gangrena para estudar os efeitos na carne. A mando de Heissmeyer, ele foi o responsável pela escolha de vinte crianças do campo para serem objeto de “pesquisa científica” no campo de concentração de Neuen­gamme, após as quais foram todas enforcadas em ganchos pendura­dos no teto do porão de uma escola em Hamburgo, junto com as enfer­meiras, todas também prisionei­ras judias, que os acompanhavam.

1947 – Um disco voador, que teria caído na cidade de Roswell, nos Estados Unidos, provocou um dos maiores mistérios do sécu­lo. – O Caso Roswell, ou Inciden­te em Roswell (em inglês: The Ros­well UFO Incident), é um dos casos mais famosos da ufologia mundial, diz respeito a uma série de acon­tecimentos ocorridos em julho de 1947 na localidade de Roswell, no estado do Novo México, nos Esta­dos Unidos, onde, segundo teóricos da conspiração, um objeto voador não identificado (ou OVNI) teria caído. A versão oficial do governo relata que um balão de vigilância da Força Aérea dos Estados Unidos caiu num rancho na cidade de Ros­well, mas muita gente levantou afir­mações de que o objeto que caiu teria sido de uma nave alienígena. Depois de um pico inicial de inte­resse, militares informaram oficial­mente que a queda apenas tinha sido mesmo de um balão meteo­rológico. O interesse sobre o caso era pouco até os anos 70, quando ufólogos começaram a formar va­riadas teorias da conspiração, afir­mando que uma ou mais naves ex­traterrestres haviam colidido com a superfície terrestre, e que os tripu­lantes alienígenas haviam sido re­cuperados por militares que depois cobriram a situação e tentaram es­conder o que realmente tinha acon­tecido. Nos anos 90, as forças arma­das norte-americanas publicaram relatórios divulgando a verdadeira natureza do balão do Projeto Mogul que caiu. Mesmo assim, o inciden­te de Roswell continua a ser do inte­resse da mídia popular, e persistem a criação de teorias da conspira­ção em torno deste caso. Roswell já foi chamado de “o caso mais co­nhecido, mais investigado e o mais desmascarado envolvendo OVNIs”.

1977 – Inaugurada a TV Ban­deirantes no Canal 7 do Rio de Janeiro começou das 7h00 da manhã.

1978 – Independência das Ilhas Salomão.

2005 – Londres, sofre uma sé­rie de atentados terroristas, com explosões em um ônibus (autocar­ro) e no sistema de metrô (metro).

2007 – O Live Earth é realizado em diversas cidades do mundo si­multaneamente.

2011 – O jornal britâni­co News of The World encerra após o escândalo do seu envol­vimento em escutas telefônicas. – News of the World foi um jor­nal britânico em formato tablói­de, publicado semanalmente aos domingos. Considerado a edição dominical de sua publicação-ir­mã, o The Sun, pertenceu ao gru­po de comunicação social norte­-americano News Corp de Rupert Murdoch. Concentrava sua abor­dagem temática em fofocas so­bre celebridades e notícias po­pulistas abordadas de maneira sensacionalista, e sua predileção por temas relacionados a escân­dalo sexuais lhe trouxe apelidos depreciativos populares, como “News of the Screws” e “Screws of the World”. Manteve uma ven­da média de 2.993.709 cópias por semana (em fevereiro de 2010), o News of the World foi um jor­nal em inglês de maior vendagem no mundo. O editor Andy Coul­son renunciou em 26 de janeiro de 2007 depois de um escânda­lo envolvendo escutas em tele­fones da família real britânica, e foi substituído no cargo por Colin Myler, ex-editor do Sunday Mir­ror que havia trabalhado por mui­to tempo no New York Post. Entre editores célebres do jornal estão Piers Morgan e Rebekah Wade, que substituiu Phil Hall em 2000. Por conta de vários escândalos, o tabloide foi fechado em julho de 2011, após novas denúncias e in­vestigações da Polícia Metropoli­tana de Londres que acredita que até 4.000 pessoas tiveram seus te­lefones grampeados por repórte­res do jornal, entre elas estavam Alex Pereira, primo de Charles de Menezes, morto á tiros pela po­lícia britânica, Coulson, ex-chefe de imprensa do primeiro-ministro do Reino Unido, David Cameron, Neil Wallis, o ex-diretor-executivo do News entre outras pessoas con­sideradas importantes. Sean Hoa­re, o primeiro a relatar que o editor Andy Coulson tinha conhecimen­to das escutas ilegais foi encontra­do morto na sua casa em Watford em 18 de julho de 2011.

 

 

NASCIMENTOS:

1940 – Ringo Starr vocalista e bateristabritânico.– SirRichardStar­key, Kt, MBE (Liverpool, 7 de julho de 1940), mais conhecido pelo seu nome artístico Ringo Starr, é um mú­sico, baterista, multi-instrumentis­ta, cantor, compositor e ator britâni­co, que ganhou fama mundial como baterista dos Beatles após substituir Pete Best, ficando nos Beatles até a separação do grupo em 1970. Quan­doabandafoiformadaem1960, Starr era membro de outra banda de Liver­pool, Rory Storm and the Hurricanes. Além de atuar como baterista, Starrfoi intérprete de canções de sucesso dos Beatles (em particular, “With a Little HelpfromMyFriends” e“YellowSub­marine”), como co-autor em “What Goes On” e compôs “Don’t Pass Me By” e “Octopus’s Garden”. Ringo é co­nhecido pelo seu estilo seguro de to­car e pelos seus toques de originalida­de. O apelido Ringo surgiu por causa dos anéis que Ringo gostava de usar (ring quer dizer anel em inglês). Ele também é vegetariano, assim como outros integrantes dos Beatles, Paul McCartney e George Harrison. Em 2011, Starr foi eleito o 4º maior bate­rista de todos os tempos pela revista Rolling Stone. Após a dissolução dos Beatles em 1970, Starr lançou-se em uma carreira solo de sucessos, e for­mou uma banda a All Starr Band, na ativa desde 1989. Em 1966, junto com seus colegas de banda, Ringo foi agra­ciado pela Rainha Elizabeth II com a medalha da Ordem do Império Bri­tânico (MBE), o que não fez dele um “sir”. No dia 20 de março de 2018, cin­quenta e três anos após ter recebido a medalha do Império Britânico, o Du­que de Cambridge concedeu a Ringo Starr o título de Cavaleiro Celibatário do Império Britânico e o nomeou“sir”, em reconhecimento aos “seus servi­ços pela música”.

 

 

MORTES:

1990– Cazuza, cantor e compo­sitor brasileiro(n. 1958).– Agenorde Miranda Araújo Neto, mais conheci­do como Cazuza (Rio de Janeiro, 4 de abril de 1958 – Rio de Janeiro, 7 de ju­lho de 1990), foi um cantor, composi­tor, poeta e letrista brasileiro. Primei­ramente conhecido como vocalista e principal letrista da banda Barão Ver­melho,[1] na qual fez bem sucedida parceria com Roberto Frejat, Cazuza posteriormente seguiu carreira solo, sendo aclamado pela crítica como um dos principais poetas da música brasileira. Cazuza também ficou co­nhecido por ser rebelde, boêmio e polêmico, tendo declarado em en­trevistas que era bissexual. Em 1989 declarou ser soropositivo(termousa­do para descrever a presença do vírus HIV, causador da Síndrome da Imu­nodeficiência Adquirida), e morreu em 1990, no Rio de Janeiro. Em ou­tubro de 2008 a revista Rolling Stone promoveu a Lista dos Cem Maiores Artistas da Música Brasileira, cujo re­sultado colocou Cazuza na 34ª posi­ção. Em outubro de 1989, depois de quatro meses a base de um tratamen­to alternativo em São Paulo, Cazuza partiu novamente para Boston, onde ficouinternadoatémarçode1990vol­tando assim para o Rio de Janeiro. No dia 7 de julho de 1990, Cazuza morre aos 32 anos por um choque séptico causado pela AIDS. No enterro com­pareceram mais de mil pessoas, entre parentes, amigos e fãs. O caixão, co­berto de flores e lacrado, foi levado à sepultura pelos ex-companheiros do Barão Vermelho. Cazuza foi enterra­do no cemitério São João Batista, no Rio de Janeiro. Sobre o tampo de már­more do túmulo aparece o título de seu último grande sucesso, “O Tem­po Não Para”, e as datas de seu nasci­mento e morte. Em sua lápide nada consta além de seu famoso codino­me.[7] No ano seguinte, foi lançado o álbum póstumo Por aí.

2006 – Syd Barrett, cantor, pro­dutor, guitarrista e pintor britânico (n. 1946). Roger Keith Barrett, mais conhecido como SydBarrett(Cam­bridge, 6 de janeiro de 1946 – Cam­bridge, 7 de julho de 2006) foi um can­tor, produtor, guitarrista e pintor inglês, mais lembrado como um dos funda­dores do PinkFloyd. Vieram de Barrett as principais ideias musicais e estilísti­cas daquela que, então, era uma ban­da de rock psicodélico, assim como o nome do grupo. Todavia, especulações sobre sua deterioração mental, agrava­da pelo exagerado uso de drogas, le­varam à sua saída da banda, em 1968. Além de ser um dos pioneiros do rock psicodélico, com as suas expressivas linhas de guitarra e composiçõesima­ginativas, Barrett também foi um dos pioneiros do space rock e do folk psi­codélico. Esteve ativo enquanto mú­sico por apenas sete anos, gravando, com o Pink Floyd, quatro singles, dois álbuns e diversas músicas não lança­das; como artista solo, lançou um sin­gle e três álbuns, até entrar em reclusão autoimposta, queduroumaisdetrinta anos. Em sua vida pós-música, ele con­tinuou pintando e se dedicou à jardi­nagem. Nunca mais voltou a público. Barrett morreu em 2006, por compli­cações advindas de Diabetes. Diversas biografias foram escritas sobre ele des­de os anos 80, e o Pink Floyd escreveu e gravou inúmeros tributos a ele após sua saída do grupo, sendo o mais co­nhecido dele so álbumWishYouWere Here, de 1975. Em 1996, ele foi induzi­do ao Hall da Fama do Rock and Roll, como membro do Pink Floyd.

Link original: https://www.dm.com.br/entretenimento/2018/07/hoje-na-historia-159.html

[dnoticias] Mais de mil pessoas no congresso regional das Testemunhas de Jeová (Portugal)


Congresso decorre até domingo no Madeira Tecnopólo

Por Orlando Drumond

Hoje terminou o primeiro de três dias de congresso regional das Testemunhas de Jeová com o Tema Central “ Sejam corajosos “que esta a decorrer no Madeira Tecnopolo de 6 a 8 do corrente mês.

O tema do dia de hoje foi “Sê corajoso e muito forte” baseado no texto bíblico de Josué 1:7.

Foram apresentados 3 simpósios que mostraram porque os cristãos precisam ter coragem . Nestes programa foram incluídos vários vídeos que mostraram como muitas pessoas jovens ou mais idosas tiveram de demostrar coragem em varias situações na sua vida. Também foi demonstrados num dos discursos de como podemos imitar a coragem de Cristo.

Amanhã será o segundo dia do Congresso subordinado ao tema “ Mostrem mais coragem para falar destemidamente a palavra de Deus” baseado em Filipenses 1:14

Estiveram presentes aproximadamente 1200 pessoas entre testemunhas de Jeová e convidados.

Link original: http://www.dnoticias.pt/madeira/mais-de-mil-pessoas-no-congresso-regional-das-testemunhas-de-jeova-XH3382707