Comunidade muçulmana rejeita distribuição de preservativos nas escolas


A comunidade muçulmana não aceita a distribuição de preservativos nas escolas, contestando o teor do projecto-lei sobre a educação sexual nas escolas que volta esta quarta-feira à Assembleia da República. Já o presidente da comunidade israelita em Portugal concorda com a ideia que é indiferente às Testemunhas de Jeová.

Apesar disso, a Juventude Socialista não abdica da distribuição de preservativos nas escolas secundárias – uma ideia que está incluída no novo projecto-lei sobre educação sexual e que está a gerar muita polémica. A Igreja Católica já se tinha manifestado na semana passada contra essa possibilidade e a comunidade muçulmana, com cerca de 35 mil fiéis, junta-se agora a essas críticas.

O líder desta comunidade em Lisboa, citado pela TSF, lembra que o Islão não permite relações sexuais antes do casamento e entende que o projecto as vai incentivar. O sheikh David Munir sublinha, no entanto, que nada tem contra a existência de educação sexual nas escolas. “Falar sobre a educação sexual é não só o dever dos pais, mas também será positivo se a escola explicar. É bom que tenhamos a noção quando crescemos da nossa sexualidade. O distribuir preservativos é abrir uma porta, para que haja o contacto físico entre rapazes e raparigas, o que o Islão proíbe sem ser por casamento”, explicou.

Na religião judaica que terá, em Portugal, cerca de cinco mil crentes, nada há contra a distribuição de preservativos nas escolas. O presidente da comunidade israelita de Lisboa, José Carp, concorda com a medida, mas reconhece que, entre os judeus portugueses, nem todos pensarão da mesma maneira. “Para mim faz todo o sentido e é uma medida importantíssima para acabar com a gravidez em jovens e situações às vezes dramáticas”, sublinhou na mesma rádio.

As Testemunhas de Jeová, que em Portugal contam com cerca de 150 mil seguidores, lembram a importância da castidade até ao casamento, dizendo que, por isso, a distribuição de contraceptivos é indiferente. “Os nossos jovens sabem muito bem o que fazer, são criados e educados de acordo com aqueles valores, apreciamos muito a educação que Deus nos dá, vivemos de acordo com os valores que defendemos independentemente do que os outros façam”, esclareceu Pedro Candeias, também à TSF.

Link Original: http://ultimahora.publico.clix.pt/noticia.aspx?id=1381274


2 responses to this post.

  1. Posted by Observador das TJs on 10/10/2009 at 08:20:23

    As Testemunhas de Jeová, que em Portugal contam com cerca de 150 mil seguidores? Isso é usar critérios estatisticos enganosos e manipulação dos mesmos para valorizar a religião. Isso é falso facilmente desmontado Entendo por que o Pedro Candeias, Departamento de Informação de Pública da religião em Portugal, têm que fazer esse papel. Mas a Opinião Pública não …

    Curtir

  2. Posted by Erika on 21/07/2011 at 02:01:59

    Caro observador das Tjs eu vou corrigir o senhor Pedro Candeia e fornecer alguns dados: ate o ano passado foram relatados 49.489 testemunhas de Jeova em Portugal
    1 tj para cada 205 habitantes do pais, foram batizados 1.238 pessoas em 2010 e ao todo sao 643 congregações. Relataram 8.683.163 horas de pregação nas casas ministram 27.891 estudos biblicos e 97.174 pessoas assistiram a comemoração da morte de Cristo

    Eis agora alguns paises com mais de 150.000 Testemunhas
    Alemanha: 162.611
    Brasil: 706.699
    congo 151.842
    Eua: 1.115.786
    Filipinas:169.096
    Italia 241.823
    Japao: 217.240
    Mexico 710.454
    Nigeria 320.266
    Russia: 162.182
    Zambia: 159.024

    Peço Desculpas pelo meu irmao Pedro Candeia embora eu nao o conheça, ele com certeza se enganou Nenhuma fiel Testemunha de Jeova tem o objetivo de passar dados irreais aos demais,somos ensinados a nao mentir. Representamos a Jeova e nao uma religiao.

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: