Matou pais pelo dízimo


Uma assembleia de culto da IURD frequentada pela suspeita

Uma assembleia de culto da IURD frequentada pela suspeita

Um casal de idosos, Joana Borges da Silva, de 104 anos, e Lourival Rodrigues da Silva, de 85, foi torturado e assassinado pela filha adoptiva, Lineusa Rodrigues da Silva, de 24 anos, por recusar dar mais dinheiro para a Igreja Universal do Reino de Deus da cidade de Timon, no estado brasileiro do Maranhão, que a rapariga frequentava. Segundo a polícia, que incriminou Lineusa, esta alegou precisar de dinheiro para pagar dízimos que lhe eram cobrados pelos pastores.

Nos corpos dos idosos, mortos a golpes de machado, foram encontradas marcas de cortes e perfurações de faca e as mãos foram decepadas com um serrote. De acordo com a polícia e os vizinhos, Lineusa já há muito maltratava os pais, exigindo cada vez mais dinheiro para dar à IURD. Responsáveis da igreja negaram no entanto que estivessem a pressionar Lineusa, que há meses não frequentava os cultos.

Link original: http://www.cmjornal.xl.pt/noticia.aspx?contentid=E03DCE58-2AAB-4D40-9CC4-57BCDFEE8AC8&channelid=00000091-0000-0000-0000-000000000091

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: