Crise ajuda a mobilizar crentes para “encontro” com Deus (PT)


Carlos Rui Abreu

Milhares de seguidores das testemunhas de Jeová estão reunidos este fim-de-semana no Multiusos de Guimarães com o intuito de elevar a palavra de Deus e ouvir as interpretações que esta confissão religiosa faz do Livro Sagrado.

Este é mais um congresso, mas como qualquer outro das Testemunhas de Jeová, será diferente no teor da mensagem a passar aos milhares de fiéis que se juntam para ouvir a palavra de Deus que emana da Bíblia.

Este ano o tema é “Continue achegado a Jeová” e surge numa altura em que os responsáveis desta denominação religiosa entendem que existem na sociedade várias personalidades de relevo académico e mediático que “rejeitam ou menosprezam a crença em Deus”.

A presença massiva neste congresso distrital de crentes das regiões do Minho e Douro Litoral vem reforçar a implantação que os apaniguados das Testemunhas de Jeová têm já na comunidade.

Segundo dados de 2009, participaram na cerimónia mais importante, a comemoração do nascimento de Jesus, em Portugal, mais de 96 mil fiéis.
Durante este congresso, que se divide, por este e pelo próximo fim-de-semana, está prevista a passagem de 10 mil pessoas.

“Estamos cá para servir a Deus e para nos sentirmos bem connosco”, salientou Carlos Gaspar, um dos elementos da organização que justificou a escolha de Guimarães pela necessidade de “misturar os irmãos do litoral e do interior numa troca de experiência e de salutar convívio”.

Ao longo do dia de ontem, sexta-feira, foi possível assistir às primeiras acções, que se centraram na troca de experiências práticas que os ensinamentos do congresso do ano passado proporcionaram no dia-a-dia dos fiéis, e a momentos de reflexão e partilha da Bíblia, havendo inclusive tempo para um almoço sui generis em que cada um traz de casa uma geleira e compartilha com os restantes irmãos.

“É um fim-de-semana de alegria em que falamos daquilo que mais nos diz respeito, que é Deus. Ouvimos a leitura da Bíblia e interpretamos a palavra genuína do Senhor”, destacou Guilherme Almeida.

Este membro da organização do Congresso, onde não há hierarquias, destacou ainda o trabalho social da comunidade que se prende essencialmente em “transformar as pessoas através da palavra”, dando como exemplo a “muita gente que mudou de vida para melhor, porque ouviu a nossa palavra e olhou para a Bíblia com outros olhos”.

Link original: http://jn.sapo.pt/PaginaInicial/Sociedade/Interior.aspx?content_id=1609171

2 responses to this post.

  1. Posted by Crentes? on 04/07/2010 at 14:26:11

    Ué, vocÊs agora estão usando uma nomenclatura que antes se ussava só para os evangélicos… Por que da mudança?/???

    Curtir

  2. Posted by tjnoticias on 04/07/2010 at 20:15:54

    Caro Valter, este blog tem o intuito de juntar em um só lugar, fatos noticiados sobre as Testemunhas de Jeová. A matéria acima foi assinada por Carlos Rui Abreu, sendo assim não tenho direito de alterar o texto e titulo de sua matéria só por pura conveniência.
    O mesmo se dá na matéria com o título “Igreja ganha um novo visual (EN)”. Na tradução para o português usamos o Google e o nome em inglês ‘church’ só pode ser traduzido para ‘igreja e/ou tempo’. Do mesmo modo que na matéria anterior, achei melhor deixá-la como postada no site original.
    Espero que entenda.
    Obrigado por seu comentário.

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: