UZBEQUISTÃO: AUMENTAM AMEAÇAS À LIBERDADE RELIGIOSA


Tashkent, 28 out (RV) – Um cristão protestante foi multado em cerca de 1.400 euros – o equivalente a sete anos de salário mínimo no Uzbequistão – por possuir um DVD sobre a vida de Jesus, dublado em idioma Uzbeque.

Murat Jalalov foi alvo de uma batida policial em fins de setembro passado, ocasião em que se descobriu esse disco e mais 74 DVDs, alguns contendo filmes cristãos. Todo o material foi confiscado, juntamente com o seu passaporte.

Num julgamento sumário, o juiz condenou Jalalov por violar o artigo 184-2 do Código de Ofensas Administrativas, que sanciona o “armazenamento ilegal, produção, importação e distribuição de material religioso”. Segundo a acusação, o fato de um dos DVDs estar dublado na língua local significa que ele poderia ser usado para proselitismo, o que é proibido no Uzbequistão.

O caso de Murat Jalalov é o exemplo clássico do que acontece onde a liberdade religiosa não existe.

Outro grupo particularmente atingido nesse Estado de maioria islâmica são os Testemunhas de Jeová. Uma organização norueguesa que monitora os episódios de repressão à liberdade naquela região do mundo – a Forum 18 – revelou que, só nos primeiros dez meses deste ano, mais de 100 testemunhas de Jeová foram multados em virtude de suas atividades religiosas, com um significativo aumento em relação aos anos precedentes. (AF)

Link original: http://www.oecumene.radiovaticana.org/bra/Articolo.asp?c=434638

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: