Moradores reforçam ações de conscientização sobre a dengue


Moradores realizaram caminhada contra a dengue

Moradores realizaram caminhada contra a dengue

RESENDE Com o propósito de ampliar a prevenção contra a transmissão da dengue, os moradores do Grande Centro realizaram uma caminhada de mobilização popular pelas ruas do bairro no domingo (22). Coordenados pela Associação de Moradores e voluntários, os participantes distribuíram panfletos e exibiram cartazes e faixas anunciando a luta contra o surgimento de focos do mosquito transmissor da doença, o Aedes aegypti.

O ato teve a adesão de moradores dos bairros Lavapés, Morro do Machado e Morro do Batista. O grupo percorreu diversas ruas entregando panfletos informativos sobre a prevenção da doença, material de divulgação do Governo do Estado com o Programa 10 Minutos Contra a Dengue, com orientações do Instituto Oswaldo Cruz. Com apoio de integrantes da bateria de uma escola de samba os participantes abordaram os vizinhos no trabalho porta a porta.

A caminhada foi convocada por um grupo de moradores preocupado com o alto índice de infestação da doença nos três bairros. Uniformizados e com o material informativo, os participantes realizaram a concentração na Associação Operária. Percorreram inicialmente a Rua Eduardo Cotrim, até a altura do Salão das Testemunhas de Jeová. Em seguida foi a vez da Rua Prefeito Clodomiro Maia até alcançarem as ruas do Morro do Machado e Batista.

O encerramento ocorreu na Rua Timburiba. O grupo foi acompanhado por um carro de som. Apesar da descontração, o assunto foi tratado com seriedade. O presidente da associação de moradores do Lavapés, Carlos Henrique Maduro, frisou que todos os moradores estão empenhados em evitar casos da doença na comunidade.

Ele reforçou durante a caminhada os cuidados básicos contra o mosquito transmissor. “Dez minutos por semana já são suficientes para vistoriar o terreno e retirar os materiais que acumulam água, como os potes de plástico, vasos de planta e ralos. Temos que fazer a nossa parte e cobrar do poder público que faça a sua. Agentes do CCZ (Centro de Controle de Zoonoses) participaram da ação e a expectativa é que a prefeitura tome as medidas cabíveis contra os proprietários para que a limpeza seja realizada”, informa. Ontem, o governo municipal reiterou que vai intensificar as notificações aos proprietários dos terrenos baldios em estado de abandono, situados na região do Lavapes e adjacências.

Uma lei municipal estipula que a prefeitura execute a limpeza e exija o ressarcimento do proprietário através da cobrança do IPTU. Os dados mais recentes do trabalho contra a dengue na cidade, com base nos dados da Secretaria Municipal de Saúde, até o dia 18, mostram que são 6.937 notificações da doença, com 974 pacientes confirmados. O município contabiliza quatro vítimas fatais devido à dengue, tendo outros cinco casos em análise laboratorial.

Link original: http://avozdacidade.com/site/noticias/cidades/41482/

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: