Tribunal da Rússia considera proibição das Testemunhas de Jeová (EUA)


Um batismo nas Testemunhas de Jeová em Praga (2003 pic)

Um batismo nas Testemunhas de Jeová em Praga (2003 pic)

O Ministério da Justiça da Rússia pediu a proibição das Testemunhas de Jeová, um movimento cristão que procura zelosamente conversos e rejeita o serviço militar.

O ministério pediu ao tribunal supremo russo que encerre a sede do grupo e suspenda os seus 175 mil membros russos que compartilham literatura “extremista”.

Um porta-voz do grupo chamou a proibição proposta de “perseguir adoradores apenas por manifestar sua fé”.

Algumas regiões russas já fecharam ramos das Testemunhas de Jeová.

De acordo com o ministério da justiça, as atividades das Testemunhas de Jeová “violam a lei russa sobre o combate ao extremismo”.

As autoridades se opõem a panfletos considerados incitar ao ódio contra outros grupos religiosos, principalmente por proclamar as Testemunhas de Jeová como seguidores da única fé “verdadeira”.

Um cita o romancista Léon Tolstoi, descrevendo a doutrina da Igreja Ortodoxa Russa como superstição e feitiçaria, relata a BBC Sarah Rainsford de Moscou.

O grupo foi registrado na Rússia em 1991.

Milhares de Testemunhas de Jeová foram deportadas para a Sibéria durante o reinado de terror de 30 anos de Joseph Stalin. Outros grupos cristãos também foram perseguidos na época.

Link original: http://www.bbc.com/news/world-europe-39304984

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: