Testemunha de Jeová enfrentam acusações de ódio no Cazaquistão (Inglês)


 Teimur Akhmedov (à esquerda) e seus advogados, Nataly Kononenko (centro) e Vitaly Kuznetsov, em um tribunal de Astana, em 27 de março. Teimur Akhmedov (à esquerda) e seus advogados, Nataly Kononenko (centro) e Vitaly Kuznetsov, em um tribunal de Astana, em 27 de março.

ASTANA – As audiências preliminares foram realizadas no julgamento de uma Testemunha de Jeová acusada de incitar a inimizade interétnica em 27 de março, na capital do Cazaquistão, Astana.

Teimur Akhmedov, de 60 anos, foi preso em janeiro pelo que o Comitê de Segurança Nacional (KNB) disse propagar idéias que “interrompem a concórdia inter-religiosa e interétnica” no país.

Akhmedov se declarou inocente.

Seus advogados, Natalya Kononenko e Vitaly Kuznetsov, pediram que o juiz liberar seu cliente enquanto o julgamento é realizado porque ele está passando por tratamento para o câncer.

O juiz rejeitou a moção e programou o julgamento para começar em 6 de abril.

Se for considerado culpado, Akhmedov enfrenta até 10 anos de prisão.

Em 2015, um tribunal em Astana condenou um membro ativo da Igreja Adventista do Sétimo Dia, Yqylas Qabduaqasov, a sete anos de liberdade restrita, o que é semelhante a uma sentença suspensa com restrições de liberdade condicional. Mas um tribunal superior endureceu o castigo de dezembro, condenando-o a dois anos de prisão.

Link original: http://www.rferl.org/a/kazakhstan-jehovah-s-witness-hate-charges/28393870.html

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: